Jogos de aventura

NOTA tt
5.0

Review Transformers: Dark of the Moon

Os robôs alienígenas mais famosos do mundo retornam ao videogame em mais um game baseado em um filme em cartaz no cinema. Será que essa fórmula continua dando errado? Confira

Diego Borges
por
em

Nome: Transformers: Dark of the Moon 
Gênero: Aventura
Distribuidora: Activision
Plataformas: PC, PS3 e Xbox 360

Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)

Os robôs alienígenas mais famosos do mundo retornam ao videogame em mais um game baseado em um filme em cartaz no cinema. Será que essa fórmula continua dando errado? Confira:

Embarcando (sem sucesso) na fama do filme

Não é de hoje que empresas correm para adquirir os direitos de produzir um game baseado em um filme de sucesso de bilheteria. Algumas até criam vínculos maiores, como no caso da Sega, que detém os direitos de produzir jogos baseados em qualquer filme dos heróis da Marvel. Mas a pergunta que fica no ar é: estes games realmente rendem lucros para essas empresas? 

Essa pergunta é colocada na mesa pois todos sabem que estes mesmos jogos são os mais criticados e nunca conseguem se destacar no mundo dos games. Hoje estamos diante de um novo exemplo: Transformers: Dark of the Moon, baseado no filme Transformers: O Lado Oculto da Lua, que está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil. 

Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)

Histórias paralelas 

Se você acha que jogar um game baseado em um filme antes de assisti-lo pode gerar muitos spoilers, fique tranquilo, pois este não é o caso de Transformers: Dark of the Moon. O jogo traz um enredo totalmente diferente do que é contado no filme. No game você vive a eterna batalha entre os Decepticons e os Autobots, e no modo campanha, é possível jogar com personagens das duas facções. 

Porém, essa fuga em relação ao enredo do filme acaba deixando a história do jogo um tanto simples e bem confusa, como em determinado momento em que você joga com Megatron e logo em seguida deve derrotá-lo, dessa vez jogando com Optimus Prime. 

Como se não bastasse, o modo campanha apresenta uma linearidade um tanto exagerada, limitando o jogo ao tradicional “ande e mate”. Isto pode ser bom para os jogadores mais casuais e impacientes, mas é muito ruim para quem busca desafios complexos que prendem a atenção do jogador durante todo o desfecho da história. 

Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)

Modo online salva a tragédia 

Não é só o enredo pouco elaborado que atrapalha o modo campanha, outros elementos também contribuem negativamente como a falta de variedade de inimigos, os gráficos simples e a jogabilidade ineficaz que serão citadas adiante no texto.O que realmente vale no jogo é o seu modo online. 

Para aqueles que jogaram o último título da franquia, Transformers: War for Cybertron, o modo multiplayer rendeu inúmeras críticas positivas por apresentar partidas rápidas e eficientes em todos os quesitos, como gráficos e jogabilidade. Em Transformers: Dark of the Moon, é nitida a similariedade entre os dois jogos. 

E se você perceber a falta de jogadores online durante as partidas, vale mudar o filtro de região para encontrar sala com jogadores do mundo inteiro, pois o game possui uma restrição inicial por área, ou seja, a preferência é por jogadores da sua região. O jogo permite que você crie seu próprio Transformer, mesmo com limitadas opções de personalização, será difícil não gastar um certo tempo criando o seu próprio modelo. Depois de pronto, você opta pelo modos tradicionais de um multiplayer online, como Deathmatch e Team Deathmatch

Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)

Jogabilidade robótica 

Como todos sabem, os transformers são robôs que possuem uma movimentação mais limitada que humanos. Porém essa física se aplica de forma exagerada durante o jogo, apresentando uma movimentação mais lenta do que deveria ser.

Em sua forma natural, os transformers são lentos para andar e mirar. A troca de armas também não é nada eficiente, deixando o jogador em uma situação de risco durante um intenso tiroteio. Esquivar-se dos inimigos é uma tarefa quase impossível, mas para a nossa sorte, eles também são bem lentos e com uma inteligência artificial bem baixa. 

E quando assumem a forma de carros ou aviões, a tragédia é muito maior. A começar pela movimentação totalmente artificial dos veículos, possibilitando que eles se movimentem para os lados como se suas rodas assumissem a posição lateral. E depois pela sensação nula de velocidade sendo no ar ou na terra, parece que os robôs seguem a risca os limites de velocidade impostos na Terra. 

Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)Transformers: Dark of the Moon (Foto: Divulgação)

Framboeza de ouro para o quesito gráfico

Se qualquer filme da trilogia impressiona pelo realismo nos efeitos especiais, isso passa longe do jogo. Os cenários são simples, repetitivos e confusos, deixando o jogador perdido sem saber por onde seguir, graças a similariedade entre a textura dos elementos externos do ambiente.

Os próprios personagens são bem desfigurados em uma comparação com o filme, passando a sensação de um robô de ferro velho. Os inimigos também não são nem um pouco caprichados e muito repetitivos.

Conclusão

Transformers: Dark of the Moon é mais uma tentativa frustrada de embarcar no sucesso de um filme desenvolvendo um game baseado na trama. Com gráficos simples e uma jogabilidade precária, apenas o modo online faz valer o preço pago pelo tÍtulo. É o típico game que agrada apenas os fãs da franquia. 

Nota TechTudo

NOTA tt
5.0
Gráficos
5
Jogabilidade
5
Diversão
6
Som
6

Prós

  • - Personagens tradicionais
  • - Modos online

Contras

  • - Gráficos muito mal desenhados
  • - Jogabilidade presa demais
  • - Muito linear
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares