Jogos de aventura

NOTA tt
7.0

Review The Walking Dead: Michonne

Primeiro episódio é marcado por ação e decisões difíceis

Dário Coutinho
por
em

The Walking Dead: Michonne é o game da Telltale sobre a icônica série de quadrinhos e sucesso da TV. É o primeiro focado na popular protagonista do apocalipse zumbi, Michonne. No primeiro episódio, os jogadores são presenteados com um começo visceral, pontuado por decisões difíceis e personagens secundários presentes nas edições mais recentes da HQ. Confira a análise do TechTudo de The Walking Dead: Michonne.

Conheça The Escapists: The Walking Dead

Novo game da franquia é focado na personagem Michonne (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)The Walkind Dead: Michonne, novo game da franquia (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)


- Episódio imperdível para os fãs da série

A Michonne do jogo é um pouco diferente da série de TV. Desconexo do grupo de Rick, que é mencionado superficialmente, o game começa com a personagem em um barco com novos companheiros, entre eles Pete, novo personagem dos quadrinhos.  

Com este novo enredo, TWD: Michonne conecta-se muito mais com os leitores da HQ do que com os espectadores da série de TV. Contudo, o game é indispensável para ambos. Além da qualidade de narrativa já esperada, ainda teremos um desenvolvimento maior da personagem, já que seu passado também é explorado.

Focado em uma das localizações da HQ, boa parte dos episódio se passa dentro de um barco (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)Focado em uma das localizações da HQ, boa parte dos episódio se passa dentro de um barco (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

Assombrada por fatos ocorridos após a devastação causada pelos zumbis, Michonne entra para a tripulação do barco de Pete. Certo dia, eles captam um pedido de socorro e, o que é encarado como um resgate, transforma-se em uma situação que deixa todos em perigo.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

- Ação visceral e escolhas difíceis

Diferentemente dos jogos anteriores de The Walking Dead, este já começa com muita ação e mostra Michonne decapitando zumbis. Logo nos primeiros minutos, o game dá uma “chacoalhada” no jogador – é preciso ficar muito atento aos comandos que aparecerem na tela, ou é morte na certa.

Passado de Michonne volta para assombrá-la (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)Passado de Michonne volta para assombrá-la (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

O episódio está cheio de escolha difíceis. Não é raro Michonne mostrar a personalidade forte sem sequer dizer uma palavra. Algumas opções de resposta para os diálogos dificilmente seriam encontradas em jogos anteriores, como escolher quem vive e quem morre.

- Jogabilidade no estilo clássico

As mecânicas de combate e movimentação já são comuns para aqueles acostumados com as produções da Telltale. Diante disso, há pouca novidade para quem já conhece outros games de TWD e Game Of Thrones. O jogo mantém o mesmo estilo de escolha de respostas para diálogos, interação com itens e resumo de suas escolhas no final de cada episódio.

Há poucas novidades na jogabilidade de The Walking Dead: Michonne (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)Há poucas novidades na jogabilidade de The Walking Dead: Michonne (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

O episódio é relativamente curto, pode ser concluído em apenas 50 minutos. Apesar de intenso, não tem tempo suficiente para firmar uma boa impressão para os personagens secundários, salvo Randall.

- Gráficos estilo HQ e trilha sonora marcante

Um dos motivos que faz os jogos da Telltale casarem tão bem com história em quadrinhos é o motor gráfico usado pela empresa. O visual é totalmente inspirado na HQ, com direito a várias imagens de páginas retiradas dos quadrinhos.

Tradução para o português tem alguns errinhos, mas mantém os palavrões (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)Tradução para o português tem alguns errinhos, mas mantém os palavrões (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

A trilha sonora do início e fim do episódio parecem escolhidas a dedo, como “Gun In My Hand”, da cantora Dorothy. A música de encerramento, “Wolf”, do First Aid Kit, faz o jogador querer mais. Agora, basta esperar o episódio “Sem Abrigo”, com lançamento marcado para março.


- Conclusão

Imperdível para os fãs de The Walking Dead, o novo game mostra uma Michonne mais sensível e assombrada com o passado. Ainda assim, a personagem continua forte e parece pronta para encarar todo tipo de perigo. Entretanto, o episódio é curto e não cria tensão suficiente para deixar uma forte impressão sobre os outros personagens.

O que você achou do jogo de The Walking Dead? Comente no Fórum do TechTudo.

 

Nota TechTudo

NOTA tt
7.0
Gráficos
7
Jogabilidade
6
Diversão
7
Som
8

Prós

  • Em português
  • Ótimas músicas
  • Ideal para os fãs da série de TV e Quadrinhos

Contras

  • Curto
  • Pouca exploração dos novos personagens
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares