Jogos de estratégia

NOTA tt
9.0

Review XCOM 2

A batalha contra alienígenas invasores se torna ainda mais emocionante na sequência do game de 2012

André Luiz
por
em

XCOM 2, sequência do game de estratégia lançado em 2012, chega com a tarefa de continuar a trama deixada no último jogo e construir uma experiência sólida baseada nos acertos do passado. Será que a Firaxis conseguiu, ou a sequência ficou abaixo do jogo original? Confira a resposta na nossa análise.

Conheça XCOM, jogo de tabuleiro baseado em videogame que usa aplicativo

XCOM 2 começa 20 anos após os acontecimentos do jogo de 2012, e mostra que a humanidade perdeu a guerra contra os aliens invasores. Em vez de destruir tudo, os alienígenas dominaram o planeta, com controle absoluto sob a raça humana. Porém, existem aqueles que lutam contra a dominação alien.

Lute contra aliens em XCOM 2 (Foto: Divulgação/Firaxis)Lute contra aliens em XCOM 2 (Foto: Divulgação/Firaxis)


Aprendendo com o passado

O excelente jogo de estratégia traz momentos de tensão durante combates, além de possibilitar um título de gerenciamento de bases. A Firaxis não só viu o que funcionava no primeiro jogo, como também aumentou a qualidade do que já era bom e tentou eliminar o que atrapalhava a experiência.

À primeira vista, tudo é bastante similar, mas XCOM 2 muitas vezes se mostra mais complexo devido à história contada. O jogador não é mais o comandante de um exército se defendendo de invasores, e agora age na posição de ataque, tentando derrubar o sistema que tomou conta do planeta.

Crie a melhor estratégia para enfrentar os inimigos (Foto: Divulgação/2K Games)Crie a melhor estratégia para enfrentar os inimigos em XCOM 2 (Foto: Divulgação/2K Games)

Por causa disso, o usuário sempre começa as missões sem que o inimigo saiba onde ele está. Com os mapas gerados aleatoriamente e inimigos em locais diferentes, muitas vezes é necessário se arriscar para completar os objetivos.

Adapta-se ou caia

Em relação ao jogo anterior, XCOM 2 tem diferenças que pode agradar jogadores que nunca tiveram contato com a franquia. O game de estratégia faz com que o jogador tome ações imediatas para alcançar seus objetivos.

Outros jogos já fazem isso, mas XCOM 2 é interessante por deixar tudo tão dinâmico que segura o jogador de forma impressionante, e aumenta o nível de tensão conforme o andar da jogatina.

Um dos cenários de XCOM 2 (Foto: Divulgação/2K Games)Um dos cenários de XCOM 2 (Foto: Divulgação/2K Games)

Além disso, muitas das missões de XCOM 2 trazem rodadas limitadas, o que torna tudo mais interessante. Em alguns momentos, é necessário se arriscar para completar objetivos. Ao encontrar inimigos bem posicionados no mapa, é preciso reagir rapidamente para ter sucesso.

Download grátis do app do TechTudo: receba dicas e notícias de tecnologia no Android ou iPhone

Outro elemento positivo é que o jogador nem sempre receberá os mesmos equipamentos como recompensa de missões ou pesquisas dentro da base. Isso faz com que XCOM 2 tenha um fator replay alto, já que cada gameplay pode ser diferente e será preciso adaptar a estratégia de acordo com o que tem em mãos.

Criando o seu esquadrão

XCOM 2 conta com o criador de banco de dados de personagens que podem ser incluídos na campanha. O problema é que algumas vezes eles são enviados para trabalhos dentro da base, e o trabalho gasto com a criação pode se perder.

Equipe seus soldados e vá para o combate (Foto: Divulgação/2K Games)Equipe seus soldados e vá para o combate em XCOM 2 (Foto: Divulgação/2K Games)

A ferramenta de criação de recrutas é limitada e poderia ser melhorada, apesar de fazer o mínimo esperado.

Nem tudo é alegria

XCOM 2 impressiona até mesmo quem não gosta muito de títulos de estratégia, mas ainda não é perfeito. É bem feito graficamente, mas mal otimizado, mesmo com um PC acima dos requisitos necessários para rodar o game.

Isso faz com que o jogo tenha queda de frames em momentos em que não deveria acontecer, como a animação dos soldados sentados dentro da nave, indo para a próxima missão.

Um dos vários tipos de aliens que você encontra no jogo (Foto: Divulgação/2K Games)Um dos vários tipos de aliens em XCOM 2 (Foto: Divulgação/2K Games)

Dentro dos combates, o desempenho é melhor, ainda que algumas animações apresentem personagens passando por estruturas sólidas, como se fossem de fumaça. É esperado este erro seja arrumado ou, pelo menos, suavizado em atualizações. 

Outro elemento que assusta até jogadores mais experientes de XCOM é a dificuldade do novo título. O início do jogo é extremamente difícil para aqueles acostumados com a série, até mesmo no desafio médio. Com o tempo e a evolução de sua base e soldados, a dificuldade diminui, mas o desafio elevado logo no início da campanha pode afastar alguns jogadores.

Conclusão

XCOM 2 conseguiu superar o já excelente XCOM: Enemy Unknown, com a campanha envolvente, gameplay desafiador, inteligência e uma boa dose de ação.

Não é perfeito, mas os defeitos não conseguem ofuscar todas as suas qualidades, que o incluem entre os candidados a melhor título de 2016.

Para você, qual é o melhor jogo de estratégia? Dê a sua opinião no Fórum do TechTudo.

Nota TechTudo

NOTA tt
9.0
Gráficos
8
Jogabilidade
9
Diversão
9
Som
10

Prós

  • Missões muito interessantes
  • Estratégia bem dinâmica
  • Alto fator replay
  • Superior ao game anterior

Contras

  • Alguns bugs gráficos podem incomodar
  • Otimização problemática
  • Dificuldade irregular
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares