Publicidade

Por Laura Rezende; Por TechTudo

TechTudo

O Xperia T3 chegou ao mercado para buscar seu lugar ao sol no mundo dos foblets, mas com o diferencial do preço intermediário. Com tela gigante e funções divertidas, confira o que o TechTudo achou do aparelho no review completo abaixo:

Xperia T3 chegou para balançar o mundo dos foblets com seu preço intermediário (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

O T3 segue a linha de design e identidade visual de seus irmãos da Sony. Quando se vê o aparelho de longe não há dúvida de que se trata de um Xperia. Mesmo assim, o smart está bem mais sofisticado e bonito que a geração anterior, o Xperia T2 Ultra.

Seu formato retangular consegue ser elegante e compacto e detalhes como a câmera e a caixa de som ficaram mais discretos e bem desenhadas.  O material da parte traseira do smartphone é um emborrachado agradável que evita arranhões, bem diferente do plástico frágil e com aparência pouco refinada do T2. Ele também garante uma boa pegada no celular, que fica mais firme na mão.

O Xperia T2 Ultra comparado com o Xperia T3. A nova geração ficou mais elegante. (Foto: Anna Kellen Bull e Laura Rezende/ Techtudo ) — Foto: TechTudo

Por causa do tamanho grande de 150,7 x 77 x 7 mm os botões externos ficam localizados do meio para baixo na parte direita, tornando mais fácil alcançá-los. Mesmo assim, isso não exclui o problema que todos os foblets possuem: dependendo do tamanho da mão do usuário é difícil manuseá-lo. Isso é uma questão bastante pessoal, mas que deve ser levada sempre em conta por um possível consumidor.

Ele também é bastante fino com 7 mm de largura e perdeu peso desde a última geração, passando de 171 g para 148 g. Para comparar, o Xperia Z2 tem 8,2 mm de espessura e pesa mais que o T3, com 163 g.

Uma única questão complicada com a anatomia do smartphone foi a de inserir o microSD e o chip da operadora. As duas aberturas para os cartões dão a sensação de que vão deixá-los presos e entender em qual posição cada um deve ser inserido também demora, ainda mais para um usuário pouco experiente. Porém, como essa é uma manobra que não é feita todo dia pode não influir muito na experiência de uso. 

É difícil inserir o microSD e chip no Xperia T3 (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

O usuário definitivamente não tem que se preocupar com este quesito no Xperia T3. Tanto nas atividades cotidianas, como rede sociais e e-mail, quanto em jogos pesados, o smart respondeu de maneira sólida. O Fifa 15 por exemplo, que é um jogo de gráficos complexos e que ocupa mais de 1 GB da memória do aparelho não foi problema para o T3, que encarou de frente. 

O Fifa 15 rodou tranquilamente no Xperia T3 (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

O  processador quad-core 1,4 GHz e a memória RAM de 1 GB deixam o celular potente e veloz. Ele também possui 8 GB de memória interna com expansão por cartão de até 32 GB. A única aplicação que apresentou alguma demora de funcionamento foi a câmera, que as vezes iniciava devagar. Tirando isso, a performance do smartphone foi fluida. 

A tela impressiona com o tamanho, qualidade da cor e sensibilidade de toque. Com 5,3 polegadas ela tem tamanho quase igual ao novo iPhone 6 Plus, que é apenas um pouco maior, com 5,5. Naturalmente, por não se tratar de um top de linha, a resolução do T3 fica bem abaixo da apresentada pelo foblet da Apple: 720 x 1280 pixels, o que dá 277 pixels por polegadas.

A tela do Xperia T3 possui cores vibrantes e intensas (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

As cores intensas e o tamanho grande da tela deixam o visor ainda mais bonito e imponente. Ao visualizar vídeos, além da qualidade do visor, o alto-falante na traseira torna ainda melhor a experiência, por não abafar o som com os  dedos. Ele também possui um volume razoável, mesmo propagando o som para trás.

Já sobre arranhões, o T3 não apresentou nenhum risco, mesmo depois de algumas semanas de teste. A parte emborrachada de trás também não. O smartphone pode até parecer frágil, por ser comprido e fino, mas não constatamos nenhum dano. 

A câmera do Xperia T3 em ação (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

A câmera consegue tirar bons registros com seus 8 megapixels, mas é necessário segurar o smartphone bem firme para evitar tremidas. A estabilização de imagem é o que mais falha na hora de fotografar. Por outro lado, o foco automático é eficiente e a câmera tem aplicativos úteis como reconhecimento facial e de sorriso para bater a foto. No modo de reconhecimento do sorriso, é possível, inclusive, escolher a intensidade do riso a ser identificado: pequeno, médio ou grande.

A câmera também deve ser fonte de boas risadas com aplicativos que simulam efeitos com máscaras, dinossauros e em ambiente subaquático. É possível também escolher entre inúmeros efeitos e filtros como fisheye e caleidoscópio. A câmera frontal torna a brincadeira ainda mais divertida, sendo possível captar selfies inusitadas. Ela cumpre seu papel, com 1,1 megapixel, mas também é fraca na questão de estabilização.

O Android KitKat modificado do Xperia T3 (Foto: Laura Rezende /TechTudo) — Foto: TechTudo

O T3 roda um Android 4.4.2 KitKat modificado pela Sony. Não é uma das melhores customizações do sistema e vem com muitos aplicativos nativos, que podem  incomodar o usuário e ocupar a memória do aparelho. Ainda assim, o layout do sistema é bonito e combina com o design exterior do aparelho. Aplicativos como o TrackID, que reconhece músicas e o TrackID TV, que reconhece programas na TV, são exemplos de funções nativas que podem agradar bastante o usuário. Ele também já vem com Facebook e Gmail instalados. 

A bateria tem ótima duração com 2.500 mAh, mas em compensação demora bastante para carregar. É possível passar um dia inteiro utilizando o celular sem qualquer preocupação, chegando até o dia seguinte com facilidade. O problema é que quando ela acaba, não espere uma carga cheia em pouco tempo, algumas horas serão necessárias.

O T3 também possui uma função de gestão de energia, que é bastante útil e possui diversos perfis que conseguem prolongar a vida útil de duração da bateria.

O Xperia T3 pode ser encontrado no mercado por cerca de R$ 1.300 e é uma boa alternativa para quem não quer pagar por um top de linha, como o Xperia Z2 da própria Sony, que pode ser encontrado por R$ 2.200. É um aparelho com bom desempenho e especificações, vendido por um preço de mercado intermediário. Com funções divertidas, bateria potente e tela grande o smart é certo de agradar aqueles que tem o perfil de usuário de foblet. 

Tabela de especificações do Xperia T3 (Foto: Arte/TechTudo) — Foto: TechTudo

8.2

Design
8
Desempenho
9
Tela
9
Câmera
7
Custo-benefício
8

Prós

  • Bateria
  • Tela
  • Design

Contras

  • Android "poluído"
  • Câmera com baixa estabilização de imagem

Mais do TechTudo