Celular

NOTA tt
8.8

Review Xperia Z2

O Xperia Z2 alia desempenho impecável a um design mais arredondado e mais leve. Confira o review do smartphone robusto da Sony à prova d’água.

Pedro Zambarda
por
em

A Sony fez uma aposta segura com seu Xperia Z2: manteve as características diferenciadas do Z1, atualizou o hardware e deixou o design mais leve. O celular top de linha pode incomodar ainda quem não está acostumado a um aparelho de vidro, mas é um smartphone elegante e robusto. Acompanhe nosso review do Xperia Z2.

Xperia Z2, smartphone top de linha da Sony (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Xperia Z2, smartphone top de linha da Sony (Foto: Luciana Maline/TechTudo)



Design

O Xperia Z2 mantém as características de seu antecessor, o Xperia Z1: ele é quadrado, com vidro temperado na traseira e na frente, sem a presença de botões físicos e com uma tela grande, que agrada principalmente pessoas com mãos avantajadas. As semelhanças, no entanto, terminam aí. O Z2 é mais largo, com 73,3 mm, mas também mais fino, com seus surpreendentes 8,2 mm.

O resultado é uma pegada muito boa, considerando que o celular tem arestas mais acinzentadas e arredondadas. Mas nem tudo são flores: a traseira de vidro é escorregadia e, infelizmente, fica com marcas de digitais após uso contínuo. O peso, 7 g mais leve do que o Z1, faz a diferença no Xperia Z2. As 163 g são bem distribuídas e você tem a impressão de estar carregando um smartphone mais leve do que ele realmente é.

Traseira de vidro do Xperia Z2 deixa o smartphone levemente escorregadio (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Traseira de vidro do Xperia Z2 deixa o smartphone levemente escorregadio (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


O excesso de vidros traz dois problemas além de marcas das suas digitais no aparelho: ele risca com mais facilidade e também aquece rapidamente. O aquecimento pode virar um problema se repetir o mesmo histórico do Z1: à época de seu lançamento, houve relatos de que os componentes internos do aparelho "entortavam" com a alta temperatura.

Detalhe do acabamento da lateral do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Detalhe do acabamento da lateral do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)



Tela

O display do Z2 tem 5,2 polegadas, com uma respeitável resolução de 1920 x 1080 pixels, o que resulta em uma densidade de 441 ppi. A tela é uma LED Triluminos, com a mesma tecnologia das televisões Sony, e é realmente impressionante. A impressão do usuário é que a imagem exibida é mais "iluminada" que a de aparelhos semelhantes, com cores vivas e ótimo contraste. A tela também responde bem aos comandos, mesmo quando o usuário se vale do multitoque.

Tela do Xperia Z2 tem ótimo brilho e contraste (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Tela do Xperia Z2 tem ótimo brilho e contraste (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


Os três botões da parte inferior – voltar, home e screens – são integrados ao restante do display. Desta forma, um dos problemas no uso é esbarrar em um desses comandos enquanto você utiliza o aplicativo. Não é grave e nada com o que não dê para se acostumar, mas vale a nota.

Desempenho

O Android 4.4.2 KitKat é nativo no smartphone e funciona com fluidez com as peculiaridades das adaptações da Sony. Na época de seu lançamento internacional, no MWC 2014, em Barcelona, o sistema vinha com um fundo de tela em homenagem à Copa do Mundo do Brasil. Na versão nacional do celular, ele veio com um fundo padronizado da fabricante japonesa.

Xperia Z2 roda a versão KitKat do Android (Foto: Reprodução)Xperia Z2 roda a versão KitKat do Android (Foto: Reprodução)


As diferenças do sistema, fora sua rapidez, são mínimas. Esta versão do Android, por exemplo, é a única que permite a conexão com a pulseira SmartBand da Sony. Com ela, é possível contabilizar informações como o número de passos que você dá em um dia e receber notificações de redes sociais diretamente no pulso. O celular estabelece essa transmissão de dados.

Tela inicial e menu de aplicativos do Xperia Z2 (Foto: Reprodução)Tela inicial e menu de aplicativos do Xperia Z2 (Foto: Reprodução)


O processador do Xperia Z2 é um novo modelo da Qualcomm, chamado Snapdragon 801. O circuito é um quad-core de frequência 2,3 GHz. Essa velocidade permite uma inicialização rápida, além de bater fotos em poucos segundos sem travar. O processador gráfico Adreno 330 contribui para uma performance atraente no caso de imagens. A memória RAM é de 3 GB, acompanhada por um espaço interno de 16 GB padrão. Infelizmente, nesta memória interna apenas há 11,57 GB úteis para ser ocupado por aplicativos e programas.

Xperia Z2 rodando jogo (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Xperia Z2 é capaz de rodar até os jogos mais pesados sem apresentar lentidão (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


A expansão via microSD é bem satisfatória: o Xperia Z2 pode chegar a ter 128 GB de espaço, o suficiente para ter uma grande coleção de apps. Além disso, o modelo tem conectividade Wi-Fi, DLNA, GPS/Glonass, NFC, Bluetooth 4.0, MHL 3.0, USB OTG e USB 2.0, com porta Micro-B e carregador USB.

Além de todas as funcionalidades, o Z2 é à prova d’água, um grande diferencial em relação aos rivais dentro ou fora do ecossistema Android. Para utilizá-lo na água, assim como o Z1, você precisa fechar as entradas laterais. Com tudo fechado, ele suporta 30 minutos submerso em até 1,5 m de profundidade.

Detalhe da entrada vedada para cartões microSD do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Detalhe da entrada vedada para cartões microSD do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


A campanha publicitária do Xperia Z2 teve como tema a música “Slave to the Rhythm”, inédita de Michael Jackson. A canção, junto com outras sete, foi lançada com o disco Xscape, que está sendo oferecido junto com o novo celular da Sony.

Esse investimento provocou uma mudança no hardware do Z2. A Sony implantou uma função chamada ClearAudio+, para potencializar o som estéreo do aparelho. A saída de som do smartphone é bastante boa, e fica localizada na parte inferior do smartphone.

O fone de ouvido tem um abafador de 98% do volume ambiente. Em nossos testes, de fato, é difícil notar ruídos externos acima de 60% do volume do celular. Ou seja, se você adora ouvir suas composições favoritas com seus fones, este talvez seja o smartphone certo para você.

Com 3.200 mAh, a bateria do Xperia Z2 durou um dia e seis horas, utilizando principalmente redes sociais. É um rendimento maior do que a média do mercado. Vendo vídeos constantemente, durou entre cinco e seis horas a bateria do aparelho. O mais preocupante, no entanto, foi o aquecimento dela dentro do smartphone. 

O benefício da linha Xperia da Sony é que, apesar da bateria ficar bem protegida no interior do celular, ela mantém esse rendimento por cerca de um ano. É um gadget que vale a pena investir pela qualidade dos seus componentes.

Câmera

É agradável filmar com o Z2. Seu grande diferencial é que ele faz vídeos em 2160p, na qualidade 4K, com 30 frames por segundo. Isso resulta em filmagens com maior grau de realismo e de detalhes. Além disso, as fotos são feitas com sensor 20,7 megapixels na câmera traseira. Já a fotografia frontal, para selfies, é realizada com capacidade de 2,2 megapixels.

Interface do aplicativo de câmera do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Interface do aplicativo de câmera do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


O resultado das fotografias clicadas em ambientes externos, sob luz natural, é bastante satisfatório. A câmera capta os detalhes, como as falhas da pintura na imagem abaixo. Apesar disso, o aplicativo de câmera da Sony apresenta uma demora elevada para acertar o foco, o que pode fazer com que o usuário perca alguns cliques. Cliques em ambientes com baixa luminosidade, como é o caso da segunda foto da sequência, tendem a ficar granulados. O resultado, porém, é superior ao da maioria dos smartphones do mercado.

No modo automático, o equilíbrio das cores fica longe do ideal em ambientes internos. Em fotos com baixa iluminação, as imagens tendem a ficar "amareladas", mas nada que um ajuste no próprio aplicativo não resolva.

Fotografia tirada com o Xperia Z2 em ambiente externo (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Fotografia tirada com o Xperia Z2 em ambiente externo (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)




Fotografia tirada com o Xperia Z2 em ambiente interno (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)Fotografia tirada com o Xperia Z2 em ambiente interno (Foto: Isadora Díaz/TechTudo)

O flash se mantém simples, com tecnologia LED, mas suficiente para ajudar em paisagens muito escuras ou à noite. O aumento dos sensores de captação de imagem, comparando com o Z1, resulta em fotos mais nítidas e bem definidas.

Câmera traseira do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Câmera traseira do Xperia Z2 (Foto: Luciana Maline/TechTudo)




Custo-benefício

No lançamento do Brasil, em maio, o Z2 chegou por R$ 2.499, mas é possível encontrar o mesmo aparelho por cerca de R$ 2.200. O preço é bem salgado, mas vale levar em conta de que o kit lançado por este preço no Brasil inclui a SmartBand, a pulseira inteligente da Sony. Só ela, se comprada avulsa, sairia por R$ 399.

O Xperia Z2 é um modelo sofisticado e adequado para quem tem mãos grandes. Confortável e mais arredondado, parece ser uma evolução natural do Z1. Não é uma revolução dentro da linha de celulares Xperia da Sony, mas certamente dá continuidade ao bom trabalho da fabricante.

Tabela de especificações do Xperia Z2 (Foto: Arte/TechTudo)Tabela de especificações do Xperia Z2 (Foto: Arte/TechTudo)





Nota TechTudo

NOTA tt
8.8
Design
8
Desempenho
9
Tela
9
Câmera
9
Custo-benefí­cio
9

Prós

  • À prova d’água;
  • Filma em 4K;
  • Design mais arredondado;
  • Som estéreo bem desenvolvido;
  • Bateria com bom rendimento.

Contras

  • Vidro na traseira arranha fácil;
  • Aquecimento da bateria.