Publicidade
Apple Music

Apple Music

Baixar
  • Downloads

    -

  • Tamanho do download

    -

  • Licença

    -

  • Idioma

    -

  • Desenvolvedor

    Apple

  • Lançamento

    -

  • Versão

    -

  • Requisitos mínimos

    -

Nossa opinião

8 Nota tt

No Apple Music, o usuário pode escolher seguir por três caminhos para encontrar o que deseja. O My Music oferece músicas que você escolheu, o For You são recomendações feitas por um time de experts e o New coloca o ouvinte para descobrir músicas novas. Além disso, é possível sincronizar playlists criadas no iTunes, selecionar seus estilos preferidos e conferir uma playlist com músicas indicadas para você.

  • Interface 8
  • Usabilidade 8
  • Performance 8
  • Funcionalidade 8

Fórum

Você ficou com alguma dúvida? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Apple Music: ouça músicas no iPhone ou em qualquer computador com iTunes

O Apple Music é o novo serviço de streaming de música da Apple para iOS, Android e Windows. Anunciado na WWDC 2015, o app promete disputar lado a lado com Spotify, Rdio, Deezer e outros. 

Além do serviço já conhecido de streaming, o Apple Music traz uma rádio 24 horas por dia transmitida ao vivo direto de Nova York e Londres. A Beats 1 terá um catálogo selecionado por 'pessoas que amam música', criando assim uma experiência integrada ao iTunes (a partir do 12.2) e mais próxima do 'jeito Apple de ser'.

O Apple Music já está funcionando no iOS e nos computadores (Windows ou Mac OS X) com o iTunes mais recente instalado. Smartsphones Android devem aguardar o lançamento do app na loja do Google, ainda este ano.

Nossa opinião

No Apple Music, o usuário pode escolher seguir por três caminhos para encontrar o que deseja. O My Music oferece músicas que você escolheu, o For You são recomendações feitas por um time de experts e o New coloca o ouvinte para descobrir músicas novas. Além disso, é possível sincronizar playlists criadas no iTunes, selecionar seus estilos preferidos e conferir uma playlist com músicas indicadas para você.

Outro destaque no novo app da Apple é o foco na indústria musical com o Connect. Lembrando o velho MySpace, o serviço é como uma rede social do artista, aproximando-o de seus fãs. Para quem está começando agora, o Music também vai aceitar músicas de novos artistas, colocando os independentes quase no mesmo nível de grandes celebridades.

O Apple Music foi lançado simultâneamente para mais de 100 países. O serviço custa US$ 4,99 e os três primeiros meses serão de graça. Também será possível assinar um pacote para famílias de até seis pessoas com o custo de US$ 7,99. Mesmo no Brasil, os preços são cobrados em dólar.

Prós

  • Funciona direto do iTunes
  • Não precisa baixar um novo app
  • Tem catálogo bem variado, inclusive conteúdo nacional

Contras

  • Preços em dólar
  • Não tem versão Android, ainda
  • Não tem webplayer
7 fotos
Estudantes podem pagar até 50% mais barato no Spotify, Apple Music e outros serviços de música. 
Aplicativo para iOS oferece filtros, stickers e trilha sonora para vídeos, além de ter reconhecimento de voz.
Serviço de streaming inova com plano de assinatura pela metade do preço da concorrência.
Novidade ainda deve demorar a ser implementada, mas parece mais próxima do que se imagina.
Assinantes terão de pagar US$ 20 pelo novo formato de áudio que promete ser ainda melhor.
A gigante das buscas e a popular rede social de Mark Zuckerberg estão no top 8 de 10 itens do ranking.
Tire suas dúvidas e saiba como assinar o serviço de streaming de músicas pela metade do preço.
Criada com a possibilidade de expandir capacidade, a caixa de som N3PTUNE pode ser acoplada a outras do mesmo modelo.
Empresa traz notebook com faixa touchscreen, que substitui as antigas teclas no topo do teclado.
Amazon divulga serviço para concorrer com Spotify e Apple Music. Mas Não há previsão para lançamento no Brasil.

Em breve!

Estamos providenciando conteúdo dessa página, aguarde.