Publicidade

The Book of Unwritten Tales

Baixar
  • Downloads

    -

  • Tamanho do download

    -

  • Licença

    -

  • Idioma

    -

  • Desenvolvedor

    Nordic Games

  • Lançamento

    -

  • Versão

    -

  • Requisitos mínimos

    -

Nossa opinião

8 Nota tt

Na geração dos jogos de mundo aberto com sistemas de inteligência artificial que respondem de acordo com as decisões do jogador, lançar um jogo no estilo point and click pode não ser muito eficiente, mas The Book of Unwritten Tales é um jogo que tenta provar que um jogo assim pode não ser tão tiro no pé quanto parece.

  • Interface 9
  • Usabilidade 7
  • Performance 8
  • Funcionalidade 8

Fórum

Você ficou com alguma dúvida? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Aventure-se no mundo mágico de The Book of Unwritten Tales

The Book of Unwritten Tales é um jogo indie desenvolvido para Windows, Mac e Linux, uma aventura no estilo “point and click", com adições que o tornam um pouco diferente da maioria dos jogos pertencentes ao seu gênero.

O jogador controla três personagens (o que soa como uma mistura entre Trine e The Secret of Monkey Island) – Ivo, a princesa elfa, Wilbur, o gnomo mago e Nate, um guerreiro caçador de recompensas. Os três se encontram envolvidos em uma aventura graças a McGuffin, um gremlin arqueólogo que pode ter encontrado um artefato capaz de acabar com a guerra entre o bem e o mal.

Como o bom point and click que é, o jogo se resume à resolução de problemas, ou seja, o jogador deve procurar por itens nos cenários e interagir com tudo à sua volta, seja combinando itens ou dialogando com npc’s.

Quem já conhece antigos títulos da Sierra ou da LucasArts com certeza irá se familiarizar rapidamente com The Book of Unwritten Tales e, para quem não teve a oportunidade de testar títulos como Maniac Mansion, com certeza este é um bom jogo para entrar de cabeça neste ótimo estilo.

 

Nossa opinião

Na geração dos jogos de mundo aberto com sistemas de inteligência artificial que respondem de acordo com as decisões do jogador, lançar um jogo no estilo point and click pode não ser muito eficiente, mas The Book of Unwritten Tales é um jogo que tenta provar que um jogo assim pode não ser tão tiro no pé quanto parece.

Apesar das limitações nativas que o gênero possui, diversos outros elementos fazem, deste, um jogo memorável. O trabalho de arte conceitual do jogo é muito bom e a qualidade gráfica acompanha de maneira satisfatória, o que culmina em um jogo de poder visual suficiente para não desapontar o jogador.

Outro ponto positivo é a dublagem muito bem atuada, fator que contribui para a imersão do jogador na trama e para o processo de identificação do jogador para com os personagens que compõem a trama.

Apesar de não ser muito desafiador para veteranos em puzzles do estilo, The Book of Unwritten Tales pode se apresentar bastante difícil para novatos, já que diversas situações não são assim tão simples quanto aparentam.

Em suma, The Book of Unwritten Tales é um jogo que possui um bom nível de complexidade e que agrada a gregos e troianos – se você é um veterano, vai adorar, se é um iniciante, vai, enfim, conhecer a beleza do point and click.

Prós

  • Gráficos bem trabalhados
  • Intuitivo e simples

Contras

  • Pode não ser tão desafiador para veteranos no point and click

Em breve!

Estamos providenciando conteúdo dessa página, aguarde.