Controle Parental Screen Time

Controle Parental Screen Time

OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Controle Parental Screen Time

Adriano Ferreira
por Adriano Ferreira em 25/05/2019 23h20

Pais que estão atentos ao conteúdo que seus filhos acessam podem contar com o aplicativo ScreenTime, que em sua versão gratuita gerencia o tempo em celulares, permite o monitoramento de aplicativos, exibe um histórico de pesquisa e controla o uso da internet. O limite de tempo do uso do dispositivo e o bloqueio de recursos trazem mais segurança contra temas inapropriados para os filhos, que podem utilizar tanto aparelhos com Android (tablet, celular), ou com iOS (iPad, iPhone, iPod Touch).

Nossa opinião

Com uma interface simples, os dispositivos do pai e do filho precisam estar próximos na primeira configuração para o emparelhamento que dura cerca de 3 minutos. De maneira rápida, os pais podem definir um limite diário de tempo automático para que o filho passe em determinado aplicativo, sem precisar interromper manualmente o manuseio da criança. Quando um aplicativo novo for instalado, por opção ele pode ser bloqueado até que seja aprovado para o acesso do filho, além disso, outros apps podem ser bloqueados definitivamente.

Se os pais quiserem passar um tempo livre com o filho distante das distrações do dispositivos, é possível criar uma programação que restrinja o uso, e também em horários de estudar como o dever de casa, em atividades ao ar livre, e após o horário de dormir, no qual todos os apps podem ser bloqueados. Para controlar de forma remota o aparelho os pais só precisam pressionar o botão de pausar para bloquear, e liberar quando for preciso.

Tarefas podem ser definidas e verificadas no aplicativo para liberar mais tempo de uso, para assim dar uma recompensa para os filhos. No “Modo Jogo Livre”, todas as restrições são anuladas temporariamente para que os filhos tenham uma trégua e possam usar normalmente os seus aparelhos. Em “Responsáveis” é possível habilitar o envio de um relatório das atividades realizadas no celular a cada 24 horas.

A versão gratuita do Screentime dura 14 dias, para permanecer com o serviço quando o período de testes expirar será necessário assinar um dos planos: US$ 39,99 por ano (R$ 159,96, em conversão direta), US$ 19,99 para 6 meses (R$ 79,96, em conversão direta) ou US$ 4,99 por mês (R$ 19,96 em conversão direta). O pagamento pode ser feito por Paypal, ou por cartão.
 

Prós
  • - Recompensa de tarefas liberando tempo de uso
  • - Bloqueio total do dispositivo remotamente
  • - Aprovação ou reprovação de aplicativos baixados
  • - Pais definem tempo livre de todas as restrições
Contras
  • Não existem contras

Fotos

Apps ajudam a cuidar de crianças e adolescentes, com funções de controle de tempo, bloqueio de aplicativos e acompanhamento de localização
Baixar para baixar
mais infos +

downloads

tamanho do download

Licença

Idioma

Desenvolvedor

Screen Time Labs Ltd

Nossa Opinião

NOTA tt
10

Com uma interface simples, os dispositivos do pai e do filho precisam estar próximos na primeira configuração para o emparelhamento que dura cerca de 3 minutos. De maneira rápida, os pais podem definir um limite diário de tempo automático para que o filho passe em determinado aplicativo, sem precisar interromper manualmente o manuseio da criança. Quando um aplicativo novo for instalado, por opção ele pode ser bloqueado até que seja aprovado para o acesso do filho, além disso, outros apps podem ser bloqueados definitivamente.

Opinião dos usuários

Fórum

Você ficou com alguma dúvida sobre Apps ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Apps