felps

felps

OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Conheça felps, jogador brasileiro de CS:GO na MIBR

Julio César Puiati
por Julio César Puiati em 19/02/2019 10h55

João Cabral "felps" Vasconcellos (nascido em São Paulo, no dia 16 de dezembro de 1996) é um jogador de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) que atua na Made In Brazil (MIBR). Dono de uma longa trajetória competitiva no game, o atleta passou por várias equipes profissionais, mas viveu o grande ápice da carreira atuando pela SK Gaming. Junto com os brasileiros Gabriel “FalleN” Toledo, Marcelo "coldzera" David, Epitácio “TACO” de Melo e Fernando “fer” Alvarenga, a organização foi considerada a melhor equipe do cenário durante boa parte de 2017. Felps já conquistou oito grandes títulos até o momento.

História

Felps conheceu Counter-Strike 1.6 com apenas 11 anos de idade, em uma lan house do bairro junto com o irmão. A paixão pelo jogo e a vontade de se tornar um profissional motivaram o jovem paulista a entrar no cenário competitivo. Após se formar no ensino médio, João Vasconcellos começou a se dedicar exclusivamente ao jogo, e começou a se destacar no cenário brasileiro. Em 2016, foi contratado pela norte-americana Tempo Storm e iniciou sua participação no circuito internacional de CS:GO.

Ganhando experiência

Pela Tempo Storm, felps enfrentou as melhores equipes do mundo durante quatro meses. O brasileiro esteve em companhia de outros quatro conterrâneos: Henrique "HEN1" Teles, Lucas "LUCAS1" Teles, Gustavo "SHOOWTiME" Gonçalves e Ricardo "boltz" Prass, antigos companheiros de Games Academy. O quinteto já morava em solo norte-americano graças ao projeto Golden Chance, idealizado por FalleN.

Felps e companhia não se intimidaram com os adversários internacionais. Com classificações para torneios de grande expressão, a Tempo Storm ganhou experiência, entrosamento e lugar cativo em campeonatos mundiais. A performance dos brasileiros foi finalmente coroada em maio de 2016, com o título da CEVO Pro League Season 9. A organização norte-americana faturou o primeiro lugar da competição deixando para trás equipes como SK Gaming e OpTic. Ainda no mesmo mês, outra boa campanha: o vice da DreamHack Open Austin.

Do azul ao verde

A escalada de felps na Tempo Storm chamou a atenção da Immortals, organização norte-americana de League of Legends. Com o objetivo de expandir sua atuação para o cenário de CS:GO, a agremiação gerenciada por Noah Whinston contratou o quinteto brasileiro em junho de 2016, dando início ao novo projeto. Por lá, felps permaneceu durante seis meses. Foram 21 campeonatos disputados e três Majors faturados.

O bom desempenho da antiga Tempo Storm continuou a ser apresentado na Immortals. Logo na segunda competição, felps e seus companheiros conquistaram o DreamHack Open Summer, batendo a tradicional Ninjas in Pyjamas na final por dois a zero. Já nos meses seguintes, outros dois títulos expressivos: Northern Arena Toronto e iBUYPOWER Masters. Felps também chegou a jogar ao lado de Lucas "steel" Lopes, hoje na Luminosity Gaming.

O ápice da carreira

As boas passagens por Tempo Storm e Immortals credenciaram felps como ótimo entry fragger. Não à toa, acabou contratado pela SK Gaming em fevereiro de 2017 para a vaga de Lincoln "fnx" Lau. Na companhia de FalleN, coldzera, fer e TACO, o atleta viveu o melhor período de sua carreira até o momento. Foram oito meses atuando no melhor quinteto brasileiro já reunido em toda a história de Counter-Strike.

Pela SK Gaming, felps conquistou seis títulos de Major, com destaque para os tradicionais Intel Extreme Masters XII Sydney e ESL One Cologne. A marcante esquadra brasileira também faturou torneios de tiro longo, como a primeira fase da ESL Pro League Season 5 North America e as finais da ECS Season 3. Já no tão aguardado Major de Boston, felps acabou derrotado para a Cloud9 nas semifinais, dando adeus ao sonho do Mundial.

Período sabático

Alegando problemas pessoais, felps anunciou sua saída da SK Gaming no final de 2017. Com saudades da família no Brasil e sem vontade de atuar profissionalmente naquele momento, o paulista de 21 anos tirou um período sabático para descansar e repensar sua carreira. Em fevereiro de 2018, anunciou o seu retorno ao cenário brasileiro após se transferir para a brasileira Não Tem Como (atual NoTag). Felps atuou com Vito "kNgV-" Giuseppe, Marcelo "chelo" Cespedes, João "horvy" Horvath e Alexandre "xand" Zizi na INTZ e, em janeiro de 2019 foi confirmado como quinto player da MIBR

Principais títulos

CEVO Pro League Season 9 (2016)
DreamHack Open Summer (2016)
Northern Arena Toronto (2016)
cs_summit 1 (2017)
Intel Extreme Masters XII Sydney (2017)
DreamHack Open Summer (2017)
ECS Season 3 Finals (2017)
ESL One Cologne (2017)

Times

semXorah (2013)
Cyber Gamer Colt (2013)
ProGaming.TD (2014)
GoldenGlory (2014)
Dexterity Team (2014)
Yakuz4 e-SPORTS (2015)
MasterMind (2015)
Dai Dai Gaming (2015)
Team Project Evolution (2015)
Keyd Stars (2015)
g3nerationX (2015)
Games Academy (2015–2016)
Tempo Storm (2016)
Immortals (2016–2017)
SK Gaming (2017)
Não Tem Como (2018)
NoTag (2018)
INTZ (2018-2019)
MIBR (atual)
 

Fotos

FalleN, TACO, fer e coldzera lideram lista de jogadores brasileiros que mais faturaram em competições
Elenco brasileiro da Made In Brazil divulga suas configurações no CS:GO; saiba tudo
Ao lado de TACO, felps completa o elenco brasileiro da MIBR no Counter Strike: Global Offensive
Rumores sobre mudança na line up da MIBR marcam fim da temporada competitiva do CS:GO em 2018
Felps na MIBR? Entenda possíveis mudanças no elenco do time de CS:GO

Opinião dos usuários

Fórum

Você ficou com alguma dúvida sobre Atletas ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Atletas