Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)

Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)

OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Conheça a Liga Brasileira de Free Fire, antiga Pro League Brazil

Julio César Puiati
por Julio César Puiati em 11/08/2020 17h55

A Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) é o principal campeonato do jogo mobile da Garena no Brasil, conhecido como Free Fire Pro League Brazil até o início de 2020. Todas as partidas ocorrem aos fins de semana, 13h no horário de Brasília, e podem ser assistidas ao vivo nos canais da Garena no YouTube e pelo aplicativo de lives BOOYAH!. O 3º split do torneio de 2020 se inicia no dia 22 de agosto, aniversário do Free Fire, e será a primeira edição a contar com 18 equipes: Team Liquid (atual campeã), paiN Gaming, Black Dragons, RED Canids, Fear, GOD Esports, Vivo Keyd, INTZ, FURIA, Santos Esports, Cruzeiro Esports, Los Grandes, LOUD, Corinthians, B4, SS Esports, KaBuM e Team Rush.

O 1º split do torneio contou com a participação de 12 times: Team Liquid, Corinthians, B4, Black Dragons, Furia, INTZ, LOUD, paiN Gaming, PRG, Red Canids, SKS, e Vivo Keyd. PRG e SKS amarguraram o rebaixamento para a segunda divisão da liga. O 2º split de 2020 foi cancelado em função da pandemia de coronavírus (Covid-19). O 3º split da Liga Brasileira de Free Fire será o primeiro a contar com a inédita Série B, com 36 times. O torneio passará a contar com três divisões após mudanças no regulamento. As duas equipes rebaixadas no 1º split disputarão a série B junto aos outros 34 times que conseguiram a classificação através da série C.

Regulamento da LBFF 2020

A Liga Brasileira de Free Fire é dividida em três divisões, sendo a Série A composta por 18 equipes, contando com partidas semanais em formato online devido à pandemia do coronavírus (Covid-19). Em cada dia, são disputadas seis quedas entre os mapas Bermuda e Purgatório, e os pontos são corridos durante toda a etapa do campeonato. No primeiro split de 2020, a Liga ainda não contou com a Série B, pois as oito melhores equipes da Série C avançariam para a Série A, enquanto os times do 9º ao 42º lugar farão parte da inédita segunda divisão da liga.

A pontuação das partidas leva em conta um sistema de ranqueamento fixo por posições conquistadas ao fim do jogo. O primeiro colocado ganha 300 pontos, o segundo 200 pontos, o terceiro 170 pontos e assim por diante, até a 12ª colocação. Além disso, abates únicos são recompensados com 20 pontos.

Primeira edição da Série C de Free Fire

A Série C da Liga Brasileira de Free Fire contou com as inscrições de 1536 times, que se enfrentam em rodadas eliminatórias. Os elencos são compostos por quatro integrantes e até um reserva. O Santos eSports foi o primeiro campeão da edição e garantiu seu acesso para a série A da LBFF. A classificação foi composta em sequência por SS Esports, Bounce, Fear, Rages, Florestais, Team Z e ONE SHOT. A Peaky foi a 2ª colocada da competição, mas foi desclassificada após a descoberta de fraude, assim dando a vaga à ONE SHOT, nona colocada. As 30 equipes restantes formarão a Série B na próxima edição.

 

Primeira edição

As finais da primeira temporada foram realizadas entre 16 e 17 de março de 2019, com a participação de 12 agremiações: Los Maníacos, Fallens, STARS, Kingzone, The Brothers, Tropa M3C, GPS Veteranos, Cães de Guerra, Cangaceiros, Os Clandestinos, Fantasy Death e INTZ eSports. O título ficou com a Tropa M3C (RED Canids) e o vice com a GPS Veteranos, que posteriormente disputaram o Mundial na Tailândia, em abril. O campeão levou para a casa o prêmio de R$ 13 mil.

Classificação final

1º – Tropa M3C
2º – GPS Veteranos
3º – INTZ
4º – Fantasy Death
5º – The Brothers
6º – Cães de Guerra
7º – STARS
8º – Os Clandestinos
9º – Fallens
10º – Los Maníacos
11º – Cangaceiros
12º – Kingzone

Segunda edição

A segunda temporada da Free Fire Pro League Brazil teve início em 11 de maio de 2019 e teve participação de 1728 equipes. As finais aconteceram no dia 20 de julho de 2019 em São Paulo, e contaram com a participação das 12 melhores equipes da temporada: LOUD, Brabox, Ryze United, LOS GRANDES, Warrios Line, Stars, Lendários, New X, Ice Death, INTZ, RED Canids e Vivo Keyd. As três últimas garantiram vaga direta na etapa final por terem ficado nas três primeiras colocações da primeira edição da Free Fire Pro League Brazil. A equipe da New X foi a grande campeã do torneio e o jogador Everton "Ubita" dos Santos foi eleito MVP da competição. Esta edição não deu vaga para a Free Fire World Series, que acontecerá no Rio de Janeiro em novembro.

Classificação final

1º – New X
2º – Vivo Keyd
3º – Stars
4º – RED Kalung
5º – Warriors Line
6º – Los Granfes
7º – Ryze United
8º – LOUD
9º – INTZ
10º – Ice Death
11º – Lendários
12º – Brabox

Terceira edição

A terceira edição da Free Fire Pro League Brazil começou no início de agosto com 1728 times. Depois da disputa de diversas fases online, os 12 melhores times se enfrentaram na grande final no dia 9 de novembro no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Corinthians e LOUD levaram a melhor e foram campeão e vice-campeão, respectivamente, do torneio. Com isso, as equipes também se classificaram para o Mundial de Free Fire que aconteceu no dia 16 de novembro, na capital carioca. Carlos “Fixa” César, do Corinthians, foi o MVP do campeonato. O Corinthians foi o campeão da competição internacional. 

Classificação final

1º – Corinthians
2º – LOUD
3º – paiN Gaming
4º – GOD
5º – B8
6º – Ryze
7º – Easy
8º – INTZ
9º – Pro Gaming
10º – RED Canids
11º – W7M
12º – Black Dragons

Quarta Edição

A quarta edição da Free Fire Pro League passou a ser chamada de Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) em 2020. A competição começou no dia 1º de fevereiro em modo presencial no complexo de Estúdios Quantas, mas sofreu alteração para o modo online devido à pandemia do coronavírus, que provocou o isolamento social e a proibição de aglomerações. A Team Liquid foi a campeã do 1° split de 2020, enquanto o Corinthians, que defendia o seu título, ficou apenas em sexto lugar.

1º - Team Liquid
2º - Vivo Keyd
3º - Loud
4º - paiN Gaming
5º - INTZ
6º - Corinthians
7º - BD Los Grandes
8º - FURIA
9º - B4 
10º - Red Canids Kalunga
11º - PRG (rebaixada)
12º - SKS (rebaixada)

 

Fotos

Topo da tabela alternou entre Flamengo e Black Dragons, mas, no final, ficou com o Santos; veja o resumo das rodadas 9 e 10
Primeiro passo para chegar à elite do Free Fire no Brasil, Série C da LBFF começa em outubro
Entenda o formato do torneio de Free Fire, que vai classificar times na tabela por pontos corridos
Rubro-Negro consegue três Booyahs e é o grande destaque do fim de semana
Black Dragons também se destacou na semana e ficou com a segunda colocação na tabela
Entenda regras e formato do torneio de Free Fire, que vai classificar times na tabela por pontuação
A organização de PlayHard também apresentou Cururu como Head Coach do time
A terceira etapa do torneio retorna em 22 de agosto de 2020; entenda o formato e times
Título mundial do Timão chamou atenção de outras organizações tradicionais do futebol
Jogadores envolvidos também estão banidos dos campeonatos da Garena até o fim da temporada

Opinião dos usuários

Fórum

Liga Brasileira de Free Fire (LBFF)

Você ficou com alguma dúvida sobre Campeonatos ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Campeonatos