Publicidade

Meet an Inmate

Baixar
  • Downloads

    -

  • Tamanho do download

    -

  • Licença

    -

  • Idioma

    -

  • Desenvolvedor

    Meet an Inmate

  • Lançamento

    -

  • Versão

    -

  • Requisitos mínimos

    -

Nossa opinião

8,3 Nota tt

O usuário pode escolher falar com homens ou mulheres. Para isso, há a lista “Lady Inmates” e a “Male Inmates”. Essa página pode ser filtrada pelas idades dos presidiários, com direito a listas de fotos, nomes, idades e localizações. Ao clicar em um perfil, outras fotos aparecem, além de biografia escrita pela pessoa, data de nascimento, possível data de saída da cadeia, orientação sexual, a ocupação antes da prisão e as atividades dentro do presídio, além do endereço completo para envio da carta.

  • Interface 7
  • Usabilidade 9
  • Performance 8
  • Funcionalidade 9

Fórum

Você ficou com alguma dúvida? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Presidiários e não detentos podem se comunicar na rede

Meet an Inmate é uma rede social para manter contato entre presidiários e "pessoas livres". Como os presos não têm acesso à Internet, porém, as mensagens são trocadas por cartas. Para começar a usar o site, não é preciso fazer cadastro. O endereço funciona apenas como um banco de perfis dos encarcerados. A página inicial conta a história do Meet an Inmate - que está no ar desde 1998 -, além de dicas de convivência. 

Nossa opinião

O usuário pode escolher falar com homens ou mulheres. Para isso, há a lista “Lady Inmates” e a “Male Inmates”. Essa página pode ser filtrada pelas idades dos presidiários, com direito a listas de fotos, nomes, idades e localizações. Ao clicar em um perfil, outras fotos aparecem, além de biografia escrita pela pessoa, data de nascimento, possível data de saída da cadeia, orientação sexual, a ocupação antes da prisão e as atividades dentro do presídio, além do endereço completo para envio da carta.

O site é bastante amador, com design simples e pouco atrativo, mas funcional. Não há nenhuma dificuldade para usá-lo ou encontrar os perfis desejados. Além disso, as dicas do criador do site sobre como enviar cartas - e lidar com assuntos delicados - são muito úteis para quem quer entrar em contato com os presidiários.

A rede social funciona somente nos Estados Unidos, então brasileiros não podem usar o Meet an Inmate. Essa pode ser uma má notícia para quem se animou para ajudar os presos que estão na mesma situação no país.

Por lidar com pessoas que têm histórico “perigoso”, o site não se responsabiliza por quaisquer danos que possam acontecer após a comunicação entre os usuários. Com isso, não há garantia de segurança ao contatar os presos.

Prós

  • Simples
  • Ajuda pessoas

Contras

  • Indisponível no Brasil
  • Interface pouco atrativa
  • Site não garante segurança
3 fotos

Em breve!

Estamos providenciando conteúdo dessa página, aguarde.