Publicidade
Mundial de LOL

Mundial de LOL

Fórum

Você ficou com alguma dúvida? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Saiba tudo sobre o Campeonato Mundial de League of Legends e suas edições

O Campeonato Mundial de League of Legends (LOL), também conhecido como "Worlds", é uma competição que reúne os melhores times de cada região e acontece anualmente desde 2011. As disputas ocorrem no mapa Summoner’s Rift, no qual dois times de cinco jogadores se enfrentam com o objetivo de derrubar o Nexus inimigo. Além do quinteto principal, cada equipe possui um jogador reserva e um treinador, que faz sua aparição apenas nos picks e bans de cada partida.

O Mundial de LOL 2021 aconteceu na Islândia, assim como o MSI 2021, por conta da pandemia da Covid-19. O campeonato teve início no dia 5 de outubro e contou com a presença da RED Canids, campeã do segundo Split do CBLOL 2021, como representante do Brasil. A grande final, marcada para 6 de novembro ocorreu entre as equipes da EDward Gaming e DAMWON KIA, terminando com a vitória do time chinês.

História

A Riot Games lançou o beta do League of Legends em 2009, mas a ideia de um campeonato internacional foi colocada em prática apenas em 2011. As mudanças em Summoner’s Rift e nos campeões, em busca do melhor balanceamento, ajudaram a criar um potencial competitivo em LOL, que foi chamando gradativamente a atenção dos jogadores pelo mundo. 

 

Campeonato Mundial de 2011

O primeiro Mundial do game aconteceu na DreamHack Summer 2011, na Suécia. Os participantes se dividiram em três times europeus, três times norte-americanos e dois times provenientes do sudeste asiático. Oito participantes disputaram pela premiação de U$ 50 mil, cerca de R$ 200 mil. Esse foi o primeiro passo para a Riot Games começar a construir uma base mais sólida para seu competitivo mundial, deixando os torneios mais chamativos e as premiações maiores.

Top 3 da edição de 2011:

Fnatic (Europa) - U$ 50 mil, cerca de R$ 200 mil
2° against All authority (Europa) - U$ 25mil, cerca de R$ 100 mil
3° Team SoloMid (América do Norte) - U$ 10 mil, cerca de R$ 40 mil

 

Campeonato Mundial de 2012

No Mundial da segunda temporada, 12 times se classificaram para o torneio. A edição evoluiu quanto a premiação, totalizando U$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões, para o grande campeão. O campeonato ocorreu em Los Angeles e foi o evento de esports mais assistido na época. Além disso, mais regiões foram adicionadas nessa edição, que contaram também com a China, Coreia do Sul e a LSM, liga que unia os países Taiwan, Hong Kong e Macau.

Top 4 da edição de 2012:

1° Taipei Assassins (Taiwan, LMS) - U$1 milhão, cerca de R$ 4 milhões
2° Azubu Frost (Coreia do Sul) - U$ 250 mil, cerca de R$ 1 milhão
3/4° Moscow Five (Europa) e CLG Europe - U$ 150 mil, cerca de R$ 600 mil

 

Campeonato Mundial de 2013

Na terceira temporada, o League of Legends sofreu uma mudança nos gráficos. O mapa, os campeões e até as artworks ficaram mais bonitas para os jogadores. As mudanças ajudaram o jogo a se popularizar de vez e continuar a bater recordes de espectadores nas transmissões pelo mundo. Também foi o ano que a LCS (League of Legends Championship Series) se firmou na América do Norte e na Europa, assim como a LCK (League of Legends Champions Korea) na Coreia do Sul e a LPL (League of Legends Pro League) na China. Além disso, foi inserido, em 2013, o International WildCard, uma oportunidade para as regiões menores da época — Brasil, Oceania, Comunidade dos Estados Independentes, Turquia e América Latina — de participarem do Mundial também. Com isso, essa edição da competição contou com 14 participantes, dois a mais do que a anterior.

Top 4 da edição de 2013:

1° SK Telecom T1 (Coreia do Sul) - U$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões
2° Royal Club (China) - U$ 250 mil, cerca de R$ 1 milhão
3/4° NaJin Black Sword (Coreia do Sul) e Fnatic (Europa) - U$ 150 mil, cerca de R$ 600 mil

 

Campeonato Mundial de 2014

Enquanto o Mundial de 2013 contou com apenas um evento International WildCard, a edição de 2014 contou com dois eventos, possibilitando dois times das regiões menores avançarem para o Mundial. Esse torneio ficou marcado pela primeira participação da história de uma equipe brasileira, a KaBuM! e-Sports, que se classificou ao bater a Pineapple Express em uma melhor de cinco e ainda garantiu a primeira vitória de um time WildCard na competição.

Top 4 da edição de 2014:

1° Samsung White (Coreia do Sul) - U$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões
2° Star Horn Royal Club (China) - U$ 250 mil, cerca de R$ 1 milhão
3/4° Samsung Blue (Coreia do Sul) e Oh My God (China) - U$ 150 mil, cerca de R$ 600 mil

 

Campeonato Mundial de 2015

A edição de 2015 aconteceu na Europa e contou com a participação de 16 times. A representante brasileira da vez foi a paiN Gaming, que, com duas vitórias e quatro derrotas na fase de grupos, teve a melhor participação de uma equipe do país até então. Também foi o ano que ficou marcado pelo segundo título da SK Telecom T1, sendo a primeira a equipe a conquistar duas vezes o título do Mundial.

Top 4 da edição de 2015:

1° SK Telecom T1 (Coreia do Sul) - U$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões
2° KOO Tigers (Coreia do Sul) - U$ 250 mil, cerca de R$ 1 milhão
3/4° Origen (Europa) e Fnatic (Europa) - U$ 150 mil, cerca de R$ 600 mil

Campeonato Mundial de 2016

Após alguns anos com a mesma premiação para o campeão, U$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões, o Mundial de 2016 sofreu uma evolução graças às vendas de skins dentro do jogo.A edição também ficou lembrada pelo terceiro título da SK Telecom T1, que a consagrou a única equipe até então a conquistar três vezes o posto mais alto do competitivo de League of Legends. A representante brasileira da vez foi a INTZ e-Sports, que teve saiu vitoriosa para cima da Edward Gaming (China) em sua estreia, mas não conseguiu sair da fase de grupos. O time WildCard que fez história foi a Albus Nox Luna, o primeiro time pertencente ao WildCard a se classificar para os playoffs do torneio.


Top 4 da edição de 2016:

1° SK Telecom T1 (Coreia do Sul) - mais de U$ 2 milhões, cerca de R$ 8 milhões
2° Samsung Galaxy (Coreia do Sul) - mais de U$ 760 mil, cerca de R$ 3 milhões
3/4° ROX Tigers (Coreia do Sul) e H2k-Gaming (Europa) - mais de U$ 380 mil, cerca de R$ 1,5 milhão

 

Campeonato Mundial de 2017

Situado na China, o Mundial de 2017 foi a primeira edição em que a Riot Games optou pelo fim das classificatórias International WildCard e todos os times dessas regiões diretamente na fase de entrada do torneio. A representante brasileira foi a Team One, que conseguiu sair do grupo na fase de entrada, mas acabou sendo eliminada pela 1907 Fenerbahçe, da Turquia, em uma melhor de cinco que decidia a classificação para a fase de grupos.


Top 4 da edição de 2017:

1° Samsung Galaxy (Coreia do Sul) - mais de U$ 1,8 milhões, cerca de R$ 7 milhões
2° SK Telecom T1 (Coreia do Sul) - mais de U$ 660 mil, cerca de R$ 2,7 milhões
3/4° Royal Never Give Up (China) e Team WE (China) - mais de U$ 300 mil, cerca de R$ 1 milhão

 

Campeonato Mundial de 2018

A edição de 2018 conta com uma ausência surpreendente. A SK Telecom T1 fez uma campanha muito abaixo do esperado e não conseguiu uma das vagas sul-coreanas para o Mundial, que tem como palco a própria Coreia do Sul. O representante brasileiro é a KaBuM! e-Sports, a primeira equipe do Brasil a estar presente no Mundial em duas edições.

Top 4 da edição de 2018:

1° Invictus Gaming (China) - cerca de U$2 milhões, cerca de R$ 12 milhões.
2° Fnatic’s (Reino Unido) - cerca de U$ 870 mil, cerca de R$ 4 milhões
3/4° G2 Esports (Alemanha) e Cloud9 (Estados Unidos) - cerca de U$ 451 mil, cerca de R$ 2 milhões

 

Campeonato Mundial de 2019

A edição de 2019 aconteceu em Paris na Europa, e teve a participação de 24 equipes. O Brasil foi representado pela Flamengo Esports, que infelizmente não conseguiu passar da fase de grupo da competição. A campeã de 2018, Invictus, tentou o bicampeonato mundial, mas, terminou apenas em terceiro lugar, após ser eliminado pela futura campeã da competição.

Top 4 da edição de 2019:

1° FunPlus Phoenix (China) - cerca de U$ 830 mil, cerca de R$ 4 milhões.
2° G2 Esports (Alemanha) - cerca de U$ 300 mil, cerca de R$ 1,5 milhões.
3/4° Invictus Gaming (China) e SK Telecom (Coreia do Sul) - cerca de U$ 155 mil, cerca de R$ 829 mil.

 

Campeonato Mundial de 2020

O mundial de LoL retornou para a China em 2020, com algumas mudanças para se adequar a situação do mundo com a Covid-19. Dessa vez, as classificatórias para a competição ocorreram de forma diferente, com dois playoffs ocorrendo nas duas principais regiões do mundo. O Brasil foi representado pela equipe da INTZ.

Top 4 da edição de 2020:

1° Damwon (Coreia do Sul) - cerca de U$ 556 mil, cerca de R$ 2,9 milhões.
2° Suning Gaming (China) - cerca de U$ 389 mil, cerca de R$ 2 milhões.
3/4° G2 Esports (Alemanha) e Top Esports (China) - cerca de U$ 200 mil, cerca de R$ 1 milhão.

 

Campeonato Mundial de 2021

A edição de 2021 ocorreu na Islândia e contou com algumas das melhores equipes do mundo. Assim como foi o caso em 2020, times do Vietnam não puderam participar da competição, assim, algumas regiões tiveram representantes a mais em relação a outras. O Brasil foi representado pela RED Canids, equipe campeã do CBLOL 2021 2º split.

Top 4 da edição de 2021:

1º EDward Gaming (China) - cerca de $489,500, cerca de R$ 2.6 milhões
2º DAMWON Gaming (Coreia do Sul) - cerca de $333,750, cerca de R$ 1.8 milhões
3/4º Gen.G Esports, (Coreia do Sul) e T1 (Coreia do Sul) - cerca de $100,125, cerca de R$ 542 mil

Série baseada em League of Legends destaca história das irmãs Vi (Hailee Steinfeld) e Jinx (Ella Purnell); Viktor, Caitlyn e outros também aparecem
RED Canids representa o Brasil no Worlds 2021, campeonato de League of Legends que acontece a partir de 5 de outubro; veja dias e horários do jogos
Campeã do 2° Split do CBLOL, RED Canids irá para a Islândia disputar o torneio mais importante de LoL
RED foi superior na série, segurou o bom momento da Rensga e conquistou seu bicampeonato no CBLOL; veja premiação e tabela final
Torneio de LoL chega em sua reta final; jogos acontecem hoje (21) e no sábado e podem ser assistidos ao vivo
As partidas do torneio de LoL podem ser assistidas ao vivo na Twitch TV, no YouTube e na Nimo TV
Campeões do mundo todo estão reunidos em torneio de meio de temporada; veja data e grupos
Confira alguns dos grandes comebacks que marcaram o ano de 2020, incluindo viradas sobre os brasileiros da MIBR e da GOD e-Sports
Após dois anos de domínio da China, uma equipe da Coreia do Sul volta a conquistar a competição
Suning x Damwon Gaming: times se enfrentam neste sábado (31) em busca do título de campeão mundial de League of Legends 2020

Em breve!

Estamos providenciando conteúdo dessa página, aguarde.