Quanto Custa Viajar

Quanto Custa Viajar

OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Calcule quanto você vai gastar nas suas viagens

Raquel Freire
por Raquel Freire em 14/06/2016 11h14

Para quem gosta de conhecer novos lugares pelo mundo, a plataforma “Quanto Custa Viajar” é uma boa ajuda. Disponível em site web e apps para Android iPhone (iOS), de forma gratuita e em português, o sistema reúne informações importantes de voo, descrição do país, hospedagem, passeios, e ainda oferece uma base média de valor que o viajante deve gastar por dia no local. Assim, fica mais fácil de se planejar antes de partir.

Nossa opinião

A ideia da aplicação é excelente e de grande utilidade. Calcular os custos totais é uma das tarefas mais chatas, porém importantes, na hora de viajar. Por isso mesmo as inconsistências do Quanto Custa Viajar desanimam. Basta fazer um teste rápido para notar que as informações são divergentes no app móvel e na versão web.

Nos testes, uma viagem de oito dias para o Cairo, no perfil econômico, deu R$ 3.688, quando buscada pelo navegador web, e R$ 4.028, ao ser pesquisada no aplicativo para Android, no mesmo dia e horário. Ainda que os valores não sejam discrepantes, a diferença gera insegurança no usuário.

A experiência de uso também é bastante diferente entre as plataformas. Em todas o sistema é intuitivo e está em português, o que facilita ainda mais o manuseio. No entanto, o aplicativo móvel não conta com algumas ferramentas, como a integração com sites de passagens aéreas.

Esse recurso em particular é bastante deficiente nos apps para iOS e Android. O local de origem é sempre São Paulo e não há informação sobre a companhia aérea. Mesmo que seja informado que o preço é uma média, dados como localização e data da partida alteram imensamente o valor da passagem e a viagem pode acabar saindo mais cara. Na web, o site tem integração com o ViajaNet, que fornece as informações.

Na seção sobre os transportes dentro das cidades, muitas vezes os dados estão incompletos e desatualizados. Em Buenos Aires, por exemplo, não consta a tarifa do metrô, uma das principais formas de locomoção na cidade. Já o valor do ônibus está como AR$ 4,50 (cerca de R$ 1,10), sendo que atualmente a passagem local custa AR$ 6,25 (R$ 1,55).

Outra funcionalidade frustrante – tanto no app quanto na web – é a busca. A pesquisa quase nunca reconhece o nome de países, só o de cidades – a menos que seja um destino turístico como “França”. Ele não encontra “Caribe”, por exemplo, mesmo que a região esteja no próprio menu principal do aplicativo.

O desempenho também deixa a desejar. Mesmo sendo um app pequeno e com poucas funções, o Quanto Custa Viajar apresentou lentidão e travamentos no Android. Sua versão web não tem esse problema, o que ressalta as vantagens do serviço no navegador.

Em linhas gerais, pode-se dizer que o Quanto Custa Viajar é uma boa ideia, mas precisa melhorar bastante nas suas versões móveis para realmente facilitar a vida do usuário. As informações que ele oferece podem servir de pontapé inicial para busca de destinos, mas confiar nesses valores pode gerar surpresas desagradáveis ao chegar no local.

Prós
  • Útil
  • Fácil de usar
  • Em português
  • Não requer cadastro
Contras
  • Informações desatualizadas e incompletas
  • Apps mobile têm poucos recursos
  • Lentidão
  • Sistema de buscas é falho

Fotos

Organize uma viagem que caiba no seu orçamento com o app.
Baixar para baixar
mais infos +

downloads

tamanho do download

Licença

Idioma

Desenvolvedor

Quanto Custa Viajar

Lançamento

24/03/2015

Nossa Opinião

NOTA tt
7.5

A ideia da aplicação é excelente e de grande utilidade. Calcular os custos totais é uma das tarefas mais chatas, porém importantes, na hora de viajar. Por isso mesmo as inconsistências do Quanto Custa Viajar desanimam. Basta fazer um teste rápido para notar que as informações são divergentes no app móvel e na versão web.

Opinião dos usuários

Fórum

Quanto Custa Viajar

Você ficou com alguma dúvida sobre Utilitários ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Utilitários