Rift Rivals

Rift Rivals

OPINIÃO DOS USUÁRIOS

Rift Rivals: saiba tudo sobre torneio internacional de LoL

Julio César Puiati
por Julio César Puiati em 03/07/2018 14h01

A Rift Rivals é uma série de mini-torneios internacionais de League of Legends que reúne as melhores equipes do game na metade do segundo split do ano. Com status de campeonato oficial da Riot Games, a competição de LoL foi criada em 2017 com o intuito de aflorar rivalidades entre os times das 14 regiões competitivas existentes no mundo. São elas: Sudeste Asiático, Japão, Oceania, Brasil, América Latina Norte, América Latina Sul, CEI, Turquia, Vietnã, Coreia do Sul, China, América do Norte, Europa e Taiwan/Hong Kong/Macau. Os representantes garantem classificação para o Rift Rivals de acordo com o desempenho nas ligas nacionais. O campeonato já tem datas e calendários para sua edição de 2018.

Regulamento

Os times classificados são divididos em cinco torneios, que acontecem simultaneamente em diferentes cidades do planeta. A ideia da competição é fazer com que as equipes de uma mesma região unam forças durante as séries, mas respeitando as line ups de cada organização. O desempenho geral, portanto, é medido através dos resultados acumulados de cada liga regional. Após duelos MD1 na fase de grupos, as regiões com mais vitórias classificam-se para os playoffs, disputado no formato MD5. As equipes podem se alternar no mata-mata e as premiações variam de acordo com cada mini-torneio.

Primeira edição

Em 2017, entre três e sete de julho, Santiago, Berlim, Moscou, Ho Chi Minh City e Kaohsiung sediaram a primeira edição do Rift Rivals. A competição internacional, até então inédita no calendário competitivo de League of Legends, reuniu as melhores equipes de cada região. Os times foram divididos em cinco mini-torneios:

Sudeste Asiático, Japão e Oceania;
Brasil, América Latina Norte e América Latina Sul;
América do Norte e Europa;
CEI e Turquia;
Coreia do Sul, China e Taiwan/Hong Kong/Macau.

Keyd Stars e RED Canids mediram forças contra os representantes da América Latina entre cinco e oito de julho, no Chile. As organizações brasileiras terminaram em segundo lugar na primeira fase, mas se recuperaram nas séries de mata-mata. Na semifinal, derrotaram Just Toys Havoks e Lyon Gaming, do LATAM Norte, por três a dois. O placar repetiu-se na grande final contra Furious Gaming e Isurus Gaming, do LATAM Sul. Murilo "takeshi" Alves e Gustavo "Sacy" Rossi foram os grandes destaques da campanha que culminou com a conquista do Rift Rivals.

No duelo entre equipes do Sudeste Asiático, Japão e Oceania, League of Legends Japan League (LJL) foi a melhor. DetonatioN FocusMe, Rampage e Unsold Stuff Gaming finalizaram a temporada regular em primeiro lugar, bateram os times da Garena Premier League (GPL) na série final e levantaram o caneco da competição. Shirou "Paz" Sasaki, topo da DetonatioN, terminou o certame com o maior KDA do campeonato: 48,0. As partidas foram disputadas entre três e seis de julho, no Vietnã.

No confronto mais esperado do Rift Rivals 2017, LCS Europa e LCS América do Norte mostraram ao público a rivalidade histórica entre ambas as regiões. Team SoloMid foi a melhor. A organização dos Estados Unidos perdeu apenas um compromisso durante a fase de grupos e despachou os europeus da Unicorns of Love na série valendo o título. Os duelos aconteceram entre cinco e oito de julho, na Alemanha.

Turcos e representantes do Leste Europeu enfrentaram-se na Rússia entre seis e nove de julho. Após duelos MD1 na primeira fase, a Turkish Champions League (TCL) consagrou-se campeã do torneio com show do 1907 Fenerbahçe Esports. A equipe de Kim "Frozen" Tae-il e Ege "padden" Acar Koparal não encontrou dificuldades para avançar aos playoffs e despachar os anfitriões da Vega Squadron por três a zero.

Na região mais equilibrada do cenário competitivo de League of Legends, China, Coreia do Sul e Taiwan/Hong Kong/Macau protagonizaram partidas de tirar o fôlego. Apesar do favoritismo iminente, SK Telecom T1, Samsung Galaxy e os demas times da League of Legends Champions Korea (LCK) sucumbiram à boa performance dos chineses. Com show à parte do meio Li "Xiaohu" Yuan-Hao, da Royal Never Give Up, a China confirmou o título no dia nove de julho.

Times participantes

Brasil: Keyd Stars e RED Canids;
LATAM Sul: Isurus Gaming e Furious Gaming;
LATAM Norte: Lyon Gaming e Just Toys Havoks;
Sudeste Asiático: GIGABYTE Marines, Ascension Gaming e Mineski;
Japão: Rampage, DetonatioN FocusMe e Unsold Stuff Gaming;
Oceania: Dire Wolves, Legacy Esports e Sin Gaming;
América do Norte: Team SoloMid, Cloud9 e Phoenix1;
Europa: G2 Esports, Unicorns of Love e Fnatic;
CEI: Virtus.pro, Vaevictis eSports, M19 e Vega Squadron;
Turquia: SuperMassive, Crew e-Sports Club, Fenerbahçe e Team AURORA;
Coreia: SK Telecom T1, KT Rolster, Samsung Galaxy e MVP;
China: EDward Gaming, RNG, Team WE e Oh My God;
Taiwan/Hong Kong/Macau: ahq, Flash Wolves, J Team e Machi E-Sports.

Segunda edição: Rift Rivals 2018

A segunda edição do Rift Rivals será disputada entre os dias dois e oito de julho, em Sydney, Ho Chi Minh, São Paulo, Los Angeles e Dalian. As melhores equipes de League of Legends do cenário competitivo foram novamente dividadas em cinco mini-torneios. A única diferença em relação à edição anterior foi a entrada de Vietnã como região independente. EVOS Esports, GIGABYTE Marines e Vikings Gaming agora estão na mesma competição que os representantes do CEI e da Turquia:

Sudeste Asiático, Japão e Oceania;
Brasil, América Latina Norte e América Latina Sul;
América do Norte e Europa;
CEI, Turquia e Vitnã;
Coreia do Sul, China e Taiwan/Hong Kong/Macau.

Times participantes

Brasil: Vivo Keyd e KaBuM;
LATAM Sul: Rebirth eSports e Kaos Latin Gamers;
LATAM Norte: Rainbow7 e Infinity eSports;
Sudeste Asiático: Ascension Gaming, Kuala Lumpur Hunters e Mineski;
Japão: PENTAGRAM, DetonatioN FocusMe e Unsold Stuff Gaming;
Oceania: Dire Wolves, Legacy Esports e Chiefs Esports Club;
América do Norte: Team Liquid, 100 Thieves e Echo Fox;
Europa: G2 Esports, Fnatic e Splyce;
CEI: Gambit Esports, RoX e Team Just;
Turquia: SuperMassive, Royal Bandits e YouthCrew Esports;
Vietnã: EVOS Esports, GIGABYTE Marines e Vikings Gaming;
Coreia: SK Telecom T1, KT Rolster, Afreeca Freecs e KingZone;
China: EDward Gaming, RNG, Rogue Warriors e Invictus Gaming;
Taiwan/Hong Kong/Macau: Flash Wolves, G-Rex, MAD Team e Machi E-Sports.

Representantes do CBLoL, Vivo Keyd e KaBuM derrotaram os times da América Latina Sul por três a um
Rift Rivals 2018: Brasil conquista bicampeonato do torneio de LoL
Competição é tradicionalmente disputada no meio do segundo split; veja informações reveladas até agora

Opinião dos usuários

Fórum

Rift Rivals

Você ficou com alguma dúvida sobre Campeonatos ? Visite o Fórum TechTudo e peça ajuda para a comunidade.

Você vai gostar

Veja tudo sobre Campeonatos