Celular

NOTA tt
8.8

Review Nexus S

O Nexus S é um smartphone poderoso com bom custo benefício e tela bem grande. Rodando sistema Android, o aparelho tem a qualidade Samsung e tecnologia de ponta, mas sem nenhum recurso excepcional.

Stella Dauer
por
em

O Nexus S é um smartphone fabricado pela Samsung, em parceria com o Google. A linha tem atenção especial da empresa, que sempre atualiza seus dispositivos com as novidades da plataforma Android. O TechTudo preparou este review para explicar melhor como funciona o Nexus S.

Design

A Samsung não costuma decepcionar no design. A frente do Nexus S é linda, toda escura e sem qualquer botão físico, podendo ser vistos apenas o falante e a câmera frontal com a tela desligada. Quando ligado aparecem os quatro botões de toque padrão do Android: voltar, menu, pesquisar e home (cada marca põe esses botões em uma ordem diferente). A tela é curvada, se adaptando melhor a um encaixe com o rosto.

Parte frontal do Nexus S (Foto: Stella Dauer)Parte frontal do Nexus S, sem botões físicos (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

Já a parte de trás não impressiona muito e é bem semelhante ao Galaxy 5, um modelo mais simples da Samsung. A traseira é feita de plástico preto brilhante, levemente curvado, com a inscrição Google e Samsung ocupando espaço com a câmera, o flash e outro altofalante. No geral, tem-se uma ligeira sensação de acabamento ruim, mas a pegada resolve isso.

A traseira é de plástico brilhante preto, lembra o Galaxy 5 (Foto: Stella Dauer)A traseira é de plástico brilhante preto do Nexus, lembra o Galaxy 5 (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

Nos lados, temos os botões de volume e de energia, enquanto embaixo fica a conexão microUSB, o microfone e a entrada padrão para fones (pouco conveniente). Seu peso é de 130 gramas. Não é muito leve, comparado a outros modelos.

Tela  

A tela é especial. Além de vir com a tecnologia Super AMOLED – com brilho e contrastes notáveis –, trata-se de uma Contour Display, a tecnologia da Samsung que deixa a tela levemente curvada, ideal para digitar, com uma ajuda da elevação no plástico da traseira. Não é nada que mude muito a ergonomia e o uso do aparelho, mas o resultado é um design mais bonito. Mesmo sob a luz do sol ele proporciona uma ótima visualização e não perde cores ou leitura, bastando apenas colocar o brilho no máximo.

Comparação entre a tela do Nexus S e a tela NOVA display, do LG optimus Black P970 (Foto: Stella Dauer)Comparação entre a tela do Nexus S e o display do LG Optimus Black P970 (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

A tela de 16 milhões de cores tem 4 polegadas de tamanho, além de ser multitoque, capacitiva, e vir com proteção oleofóbica, facilitando a limpeza das digitais, ainda que não as evite. A resolução é de apenas 480 x 800 pixels (WVGA), e não há "Gorilla Glass" (que daria uma proteção extra contra riscos acidentais). A tela boa e não há do que reclamar, mas ao lembrar que o Atrix da Motorola tem 540 x 960 pixels, sentimos um certo pesar. Podia ter um pouco mais.

Sistema operacional  

Aqui temos uma das melhores características do Nexus S. Ele já veio de fábrica com o Android 2.3 (Gingerbread) – recentemente atualizado para a 2.3.6; e já está cotada para receber o novo Ice Cream Sandwich. Mais atual impossível. Como haviamos dito no início, a Google dá uma atenção especial à linha Nexus, então ele ainda receberá as atualizações mais rapidamente do que outros aparelhos, e por mais tempo. O mesmo vale para novos aplicativos e novas features em apps já instalados.

Por ser um aparelho “da Google”, encontramos um sistema bem puro, sem qualquer modificação da fabricante – e a Samsung, com sua interface TouchWiz, costuma modificar bastante seus aparelhos. O Nexus S entrega um sistema sóbrio, com uma interface séria e elegante, do jeito que o Android foi projetado.

Internamente ele já vem recheado com aplicativos da Google e tem suporte para VoIP nativo, mas não possui nada de muito especial. Alguns detalhes como o brilho laranja quando chegamos ao final de uma lista, o desligar igual ao de uma TV de tubo e a barra de navegação em preto deixam o sistema ainda mais legal.

Usabilidade  

Para quem já lida com o sistema Android, pegar um Nexus S pela primeira vez não trará nenhuma dificuldade de uso. Quem não conhece, no entanto, vai demorar um pouco a se acostumar, mas o sistema é fácil de se operar. A Google se esmera para deixar o Android cada mais mais fácil e simples, pronto para competir com o iOS, mas sem perder aquele "quê" característico de geek.

A versão 2.3 traz boas melhorias. Além das sutilezas que já mencionamos no tópico anterior, outras coisas foram inseridas: comandos, buscas e escrita por voz foram aprimorados, sendo possível executar uma série de comandos e escrever mensagens inteiras apenas falando (já funciona bem com Português).

O teclado e a escrita também foram aprimorados. As teclas estão mais espaçadas, e é um pouco diferente escrever nele (comparado com outras versões). Em vez de apertar uma letra e soltar para ver os acentos e opções, agora é preciso mantê-lo pressionado e arrastá-lo em direção ao acento, parecido com o do iPhone. A seleção de texto também está mais prática e mais simples. Utilizá-lo com o app Swype é muito bom.

As cinco janelas disponíveis na tela inicial permitem que se insira atalhos, aplicativos e widgets de muita utilidade. A barra de notificações é útil também. A sensibilidade do toque é suave, e navegar pelos aplicativos é fácil, embora uma organização em categorias caísse muito bem.

Hardware e processamento  

Temos aqui um ótimo – mas não maravilhoso – conjunto de processamento. O Nexus S abriga em seu interior um processador de 1GHz Cortex A8 Hummingbird da Samsung. Ele não tem dois núcleos como os Tegra 2 do Atrix e do Galaxy S II, mas se sai muito bem com o 2.3 Gingerbread.

O Samsung Nexus S também não tem muita RAM: apenas 512MB (celulares top de linha já estão vindo com 1GB). Mas essa quantidade também mostra-se suficiente. Além de tudo, ele também possui GPU PowerVR SGX540 dedicada.

Sob esse conjunto, o Nexus S apresenta um desempenho rápido e eficaz. Não há engasgos, travas, soluços,... nada! Funciona bem com todos os jogos – de Angry Birds à NFS Shift –, passa filmes, navega na internet e sustenta vários aplicativos ligados ao mesmo tempo. Mas mesmo não sendo o mais potente dos smartphones, seu desempenho geral não nos decepcionou em nada.

A tela de Super AMOLED faz diferença (Foto: Stella Dauer)A tela de Super AMOLED do Nexus S faz diferença (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

Quanto às conexões, ele é bem completo: Wi-Fi n/b/g, GPS e A-GPS, Bluetooth 2.1 e Quad-band. Falando em rede, ele já vem desbloqueado de fábrica (uma exigência da Google). Em matéria de sensores, também não deixa a desejar: resposta rápida, giroscópio, acelerômetro, bússola, proximidade e luz.

Outra conexão sem fio que chama a atenção no Nexus S é a NFC (Near Field Communication). Ela ainda está sendo testada em todo o mundo, mas deve ser implementada no ano que vem. Essa é a tecnologia presente nos cartões de transporte público, por exemplo, e permitirá ao usuário pagar e compartilhar dados com o celular - se você deixar o NFC ligado e passar um cartão de transporte próximo a ele, o Nexus S identifica uma “tag”.

Como o sistema é "puro" e não possui modificações, além de vir sempre com o sistema atualizado, ele se saiu muito bem nos testes de benchmark do aplicativo Quadrant Standard. Nos testes ele ficou em primeiro lugar, acima de aparelhos como o Galaxy S e Nexus One.

E sem esquecer do básico, ele realiza bem as ligações. O som é claro e alto, e o sensor de proximidade não permite que você faça bagunça durante as chamadas.

Câmera  

A Samsung costuma trazer câmeras boas em seus aparelhos, e com o Nexus S não foi diferente. O resultado não é nada comparado a um bom Nokia, mas ele possui mais qualidade que as câmeras dos aparelhos da Motorola ou da LG.

A câmera com sensor de 5 megapixels faz ótimas fotos na luz do dia e em ambientes bem iluminados. Em situações de pouca luz, o granulado aparece, típico de praticamente qualquer câmera de celular, mas as cores até que se mantém e a sensibilidade à luz é boa.

Design arredondado, semelhante ao Galaxy 5 (Foto: Stella Dauer)Design arredondado do Nexus S é semelhante ao do Galaxy 5 (Foto: Stella Dauer/TechTudo)

Na traseira, temos um flash LED, mas ele não é muito útil. A câmera ainda possui autofoco e o touch focus, onde se escolhe o ponto focal com um toque na tela. A foto também é tirada assim, já que não há botão físico específico para isso. Além disso, não há zoom, reconhecimento de face ou fotos panorâmicas. São poucos os efeitos de cor e apenas alguns ajustes básicos e cenas (nada que bons aplicativos de fotos - ou a próxima versão do Android - não resolva).

O Nexus S também vem com uma câmera frontal com resolução VGA para videochamadas no Google Talk, por exemplo. E falando em vídeo, uma desvantagem: a câmera traseira faz gravações em 720 x 480 pixels, não chegando a ser nem ao menos HD. Apesar de os smartphones não serem ideais para vídeo, independentemente da resolução, ser HD faria alguma diferença.

Acessórios

A caixa, apesar de ser muito bonitinha, é minimalista. Só encontramos o aparelho, fones intra-auriculares, cabo microUSB, carregador (que só funciona com o cabo USB) e uns poucos papéis. Como não é vendido oficialmente no Brasil, não há acessórios disponíveis para ele por aqui. Na verdade, até lá fora não há muita coisa.

Aplicativos  

Ele já vem recheado de aplicativos da Google em suas mais novas versões: Market, Calendário, Gmail, Google Earth, Maps com Navigation (aplicativo em fase Beta que parece um GPS automotivo), Google Talk, Google Voice, Voice Actions e YouTube. Além disso, ele também tem suporte ao Flash 10.3 no navegador (basta instalar do Market); possui o Modo Carro, onde apenas funções pré-escolhidas ficam disponíveis em um menu com grandes botões; e traz o HotSpot, que permite que você use seu Nexus S como um roteador de internet para até 5 dispositivos.

Música e mídia  

Para vídeos, é o que se diz sobre as telas de Super AMOLED: assistir filmes nele é uma maravilha. Com o bom processamento, é possível ver filmes sem engasgos. Infelizmente, no entanto, por não possuir processador de dois núcleos e nem saída para TV HD, como a HDMI, não é possível reproduzir vídeos em Full HD (1080p).

nexus s (Foto: TechTudo)Entrada para fone de ouvido do Nexus S fica na parte inferior do aparelho (Foto: Stella Dauer/TechTudo)


Para música, o Nexus S trás uma inovação: o Gingerbread dele ganhou o mesmo aplicativo do Honeycomb, o Google Music. O desempenho é melhor do que o player antigo do Android, apesar de ainda não ser lá muito completo. Com uma interface mais bonita, é possível separar seus arquivos por música, artista, coleções e outros. No fone intra-auricular, o som é uma beleza, e não há o que reclamar. Já o som externo é médio, pois o altofalante é pequeno, único, e fica atrás do aparelho, deixando o som alto mas abafado.

Bateria e armazenamento  

A duração da bateria surpreendeu. É possível ficar 12 horas com ele, em uso moderado de internet, sem grandes problemas. Se você (por acaso) deixá-lo no modo avião, é possível ficar longe da tomada por mais de dois dias.

No armazenamento, uma boa e uma má notícia: o Nexus S vem com 16 GB de memória interna, fornecendo um espaço razoável, mas ao contrário dos outros modelos não há espaço para cartões microSD. Por quê? Não sabemos, mas é um ponto negativo.

Ficha técnica

Tela
4 polegadas
 Resolução480 x 800 pixels 
Sistema operacional Android 2.3.6 (Gingerbread)
Rede GSM/EDGE/3G 
 Armazenamento16 GB 
Câmera 5 megapixels com flash
Conectividade Wi-Fi; GPS com A-GPS; Bluetooth 2.1 
Dimensões 123,9 x 63 x 10,9 mm 
Peso 130 g 
 Bateria428 horas em stand-by; 7 horas em conversação 











Nota TechTudo

NOTA tt
8.8
Design
8
Desempenho
9
Tela
9
Câmera
8
Custo-benefí­cio
10

Prós

  • Processamento veloz
  • Última versão do Android
  • Tela brilhante e curvada

Contras

  • Sem slot para cartão
  • Sem vídeo em HD
  • Não será vendido no Brasil
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares