Jogos de aventura

NOTA tt
7.3

Review State of Decay Year One Survival Edition

Mesmo com os inúmeros problemas de desempenho, a franquia de sobrevivência ainda é uma das mais complexas e envolventes do gênero. Confira a análise completa!

Victor Alcaíde Teixeira
por
em

State of Decay: Year-One Survival Edition é uma compilação next-gen do aclamado game de zumbis, lançado originalmente para Xbox 360 e PC. Desenvolvido pelo estúdio norte-americano Undead Labs, a edição especial traz ao Xbox One um pacote completo com todo conteúdo extra, além de novidades muito bem-vindas.

State of Decay chega ao Xbox One nos lançamentos da semana

Review: State of Decay Year-One Survival Edition (Foto: Divulgação)Confira o review de State of Decay Year-One Survival Edition (Foto: Divulgação)


Os instintos de sobrevivência


Sem munições, sem fôlego e sem comida. O destino do nosso personagem era mesmo a morte. Uma horda imensurável de zumbis corria em direção ao sobrevivente, enquanto ele tentava - mesmo que rastejando - alcançar o único recurso que o faria sobreviver: um veículo estacionado em frente à farmácia. Ele não conseguiu alcançá-lo e, como consequência, o perdemos para sempre.

State of Decay Year-One Survival Edition expõe a premissa logo nos primeiros minutos de jogatina: o objetivo é sobreviver (afinal, a morte aqui é permanente). Assim como na primeira edição, lançada em junho de 2013 para o console da sétima geração da Microsoft, o personagem encara um apocalipse zumbi com recursos limitados na pequena mochila.

Embora seja rotulado como um jogo de ação em terceira pessoa, State of Decay vai muito além de cabeças de corpos infectados saltando. Isso porque você deverá cuidar e gerenciar um grupo de sobreviventes. Para isso, será necessário resgatar novos membros confinados em locais protegidos por aberrações, além de coletar suprimentos e recursos para melhorar lugares seguros.

A edição conta com o game completo, além de dois DLCs (Foto: Divulgação)A edição conta com o game completo, além de dois DLCs (Foto: Divulgação)

O convidativo mapa de State of Decay é completamente aberto e rico em detalhes. Afinal, residências, acampamentos e estabelecimentos comerciais - como farmácias, restaurantes e lojas de conveniência - possuem remédios, comidas, munições e materiais, porém, em quantidades extremamente limitadas.


Tudo em um só lugar


A Year-One Survival Edition conta com o game original, além dos DLCs Breakdown e Lifeline. Aliás, a segunda expansão merece destaque, já que o jogador deve assumir uma equipe de militares, cujo objetivo é descobrir uma forma de interromper a disseminação da epidemia.

Além do pacote completo, a reedição conta com armas, missões e veículos inéditos e conquistas adicionais. Há também desafios publicados periodicamente, que servem para disponibilizar itens especiais aos jogadores.

Mais armas, mais veículos... Mais zumbis (Foto: Divulgação)Mais armas, mais veículos... Mais zumbis! (Foto: Divulgação)

State of Decay trata-se de uma remasterização e não de um simples port com visual ultrapassado. O título roda a lisos 1080p e com velocidade de 60 quadros por segundo, o que resulta em uma experiência bem mais agradável.

O visual possui algumas melhorias, como texturas aperfeiçoadas, efeitos de iluminação aprimorados e escalas de profundidade mais convincentes. Mesmo com o gráfico nitidamente retrabalhado, ainda existem resquícios da geração passada: a modelagem dos personagens, câmera imprecisa e, é claro, as centenas de bugs herdados da versão de 360.

Planar sobre certos objetos, atravessar paredes e árvores são apenas algumas das diversas falhas técnicas. As modelagens dos personagens também estão aquém do esperado, com feições minimamente detalhadas.

Cabeças infectadas vão rolar (Foto: Divulgação)Cabeças infectadas vão rolar (Foto: Divulgação)


Conclusão


State of Decay Year-One Survival Edition agrada pela diversão, mas continua apresentando falhas técnicas inaceitáveis. A compilação de Xbox One é, sem dúvida, a versão definitiva do game, pois presenteia o jogador com centenas de horas de apocalipse zumbi. Mesmo com os inúmeros problemas de desempenho, a franquia de sobrevivência ainda é uma das mais complexas e envolventes do gênero.


Qual é seu jogo favorito com zumbis? Comente no Fórum do TechTudo!

Nota TechTudo

NOTA tt
7.3
Gráficos
7
Jogabilidade
7
Diversão
8
Som
7

Prós

  • - Conteúdo de sobra
  • - Mapa aberto e detalhado
  • - Elementos sociais
  • - Repleto de atividades
  • - Sistema de morte permanente

Contras

  • - Recheado de bugs
  • - Câmera imprecisa
  • - Resquícios da geração passada
Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

recentes

populares